Ir para o conteúdo

Prefeitura de Costa Rica - MS e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura de Costa Rica - MS
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JUL
22
22 JUL 2022
SAÚDE
Conselho Federal de Farmácia realiza palestra informativa sobre diabetes para profissionais da Saúde
Foto Noticia Principal Grande
Fotos: Silvestre de Castro - Assecom - PMCR
enviar para um amigo
receba notícias
PROCESSANDO ÁUDIO
O Governo de Costa Rica, por intermédio da Secretaria Municipal de Saúde, realizou uma palestra informativa para profissionais da área sobre os cuidados farmacêuticos em diabetes, nesta quinta-feira (21), no auditório Profª Edna Maria Jacinto da Silva da SEMED (Secretaria Municipal de Educação). A palestra foi ministrada pelo diretor secretário do CRF/GO (Conselho Regional de Farmácia do Estado de Goiás), representando o CFF (Conselho Federal de Farmácia), do grupo de trabalho de indústria, Daniel Jesus de Paula.
 
Segundo Daniel de Paula, o diabetes é uma doença muito prevalente que dá muitos prejuízos as pessoas e ao sistema público de saúde. Nesta palestra foi apresentado uma solução, onde o farmacêutico passa a ser o protagonista nesse cuidado, trazendo melhor benefício para o paciente e otimização dos custos, principalmente relacionados ao SUS (Sistema Único de Saúde).
 
Já a farmacêutica, licenciada do CRF e da coordenação da Secretaria de Estado de Saúde, Márcia Saldanha, destacou que veio à Costa Rica para acompanhar o professor Daniel para falar aos trabalhadores da saúde sobre diabetes, um problema que acomete a população e que tem gerado custos elevados para o serviço público de saúde devido as complicações que as pessoas tem pelo tratamento inadequado da doença ao longo do tempo. “Há pessoas diabéticas que não têm conhecimento sobre essa doença, e acabam negligenciando os tratamentos necessários para o controle dessa patologia”, afirma a farmacêutica.
 
Por sua vez, a conselheira federal por MS, Fabiana Vicente de Paula, comentou que pleitearam esse curso para o interior do Estado, dada a importância de qualificar farmacêuticos e profissionais ligados à área da saúde. “Profissionais qualificados dão retorno para os pacientes, usuários do SUS. A melhora, a adesão ao tratamento adequado faz a diferença para que eles tenham uma melhor qualidade de vida. O diabetes vem acometendo a sociedade e a cada dia temos mais pessoas sofrendo com a doença. Nós do CFF em parceria com o CRF temos trazido vários cursos de qualificação para os municípios de MS e Costa Rica não ficou de fora, estamos presentes para proporcionar a qualificação devida para todos os profissionais que atuam na área”, argumentou.
 
De acordo com o secretário municipal de Saúde, Jovenaldo Francisco dos Santos, uma das metas do prefeito Cleverson Alves dos Santos, é qualificar a equipe para que possa ofertar uma saúde de qualidade para a população costarriquense. “É qualificando os nossos profissionais que estão na ponta de atendimento à população que podemos fazer um bom trabalho e mostrar resultados satisfatórios. Muitas pessoas são diabéticas e não sabem. O SUS tem o Programa Previne Brasil que acompanha a proporção de pessoas com diabetes, com consulta e hemoglobina glicada e ajuda o município a pontuar e receber mais recursos, para isso, basta fazer o exame preventivo. É importante qualificar os profissionais que trabalham com medicamentos tanto da rede pública quanto da rede privada, todos ganham com isso”, enfatizou o gestor da Saúde.
 
Doença – O diabetes é caracterizada pela não produção de insulina ou pelo não processamento desse hormônio pelo organismo. A função da insulina é controlar o teor de glicose no sangue. No caso do paciente diabético, o não processamento ou não produção de insulina causa hiperglicemia, o que é um alto nível de glicose no sangue. Quando esse quadro se mantém, podem ser causados danos em órgãos, vasos sanguíneos e nervos.
 
Fonte: Assessoria de Comunicação - PMCR
Autor: Silvestre de Castro - Jornalista e Radialista
Seta
Versão do Sistema: 3.2.6 - 05/09/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia