Ir para o conteúdo

Prefeitura de Costa Rica - MS e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Prefeitura de Costa Rica - MS
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
NOV
06
06 NOV 2023
TRABALHO E DESENV. ECONÔMICO
Sebrae-MS e Prefeitura unem forças para promover oportunidades de geração de renda em Costa Rica
enviar para um amigo
receba notícias
Com objetivo de ressaltar habilidades pessoais, através da criação de estímulos ligados ao empreendedorismo, o Sebrae/MS, em parceria com a Prefeitura de Costa Rica, deu início na última segunda-feira (30), a execução da “Metodologia das três Fases”. A ação, que visa capacitar e apoiar pessoas em situação de vulnerabilidade social a identificar opções de renda que assegurem o sustento de suas famílias, acompanhará o grupo até 2024.
 
Ao todo, 18 mulheres foram selecionadas pela secretaria municipal de Políticas Públicas para Mulheres de Costa Rica e participam dessa ação, que busca elevar a autoestima, promover o desenvolvimento pessoal e possibilitar a inclusão produtiva, seja por meio do empreendedorismo ou pela conquista de postos de trabalho.
 
O prefeito de Costa Rica, delegado Cleverson Alves dos Santos reafirma sobre a importância do projeto. “Por meio dele, é feito todo acompanhamento, as participantes de Costa Rica poderão desenvolver e aperfeiçoar habilidades para aplicarem no dia a dia, com a chance de conquistar a independência financeira trabalhando em seus próprios negócios”, pontuou o prefeito. Já a secretária Municipal de Políticas Públicas para Mulheres de Costa Rica, Márcia Alves, informa que o atendimento precisa ser humanizado. “É um acompanhamento técnico e motivacional para que nenhuma das participantes desista pelo meio do caminho. Não é só capacitar, vamos trabalhar o entendimento de que cada uma é capaz, para que todas reconheçam a força que têm”, reforça Márcia.
 
Segundo a coordenadora da Unidade de Competitividade Empresarial do Sebrae/MS, Isabella Fernandes, a ação é uma das principais entregas do ciclo Expansão do programa Cidade Empreendedora para o município e pertence ao eixo “Cidade Inclusiva”. O trabalho vem para combater a vulnerabilidade social e trazer mais qualidade de vida para as participantes.
 
“A ‘Metodologia das três fases’ é uma tecnologia social que possui como grande diferencial o acompanhamento efetivo do grupo e a atenção as particularidades que ele possui. Quando acompanhamos as participantes, conseguimos identificar a evolução de cada uma, além de ajudá-las a superar desafios. Esse trabalho juntamente com as conexões que o Sebrae é capaz de fazer para que elas possam encontrar alternativas de geração de renda, exerce o papel importante de auxiliar essas as pessoas a construírem um novo futuro com mais qualidade de vida para as famílias”, pontuou Isabella.
 
Estímulo à inclusão produtiva
 
Para promover o desenvolvimento pessoal e profissional dos participantes, a “Metodologia das três Fases” se desdobra em três etapas, como o próprio nome já diz: desenvolvimento humano, capacitação profissional e geração de renda. Na primeira fase, o foco está em desenvolver o potencial, a confiança e a autoestima das participantes, no caso de Costa Rica, bem como suas competências e habilidades. Na segunda etapa, são oferecidas qualificações profissionais e empreendedoras, preparando-as para o futuro. Na terceira e última fase, mentoria e consultoria individuais são disponibilizadas para apoiá-las na busca por empregos ou na busca de oportunidades empreendedoras.
 
A iniciativa faz parte do eixo “Cidade Inclusiva”, uma das principais estratégias escolhidas pela Prefeitura Municipal ao renovar a parceria com o Sebrae/MS para a execução do ciclo Expansão do programa Cidade Empreendedora. Além de gerar oportunidades de aquisição de renda por meio do empreendedorismo ou inserção no mercado de trabalho, a vertente também traz outras ações que tem como propósito a inclusão produtiva como o fortalecimento das organizações, como Associação Comercial e Sindicato Rural, de modo a fomentar o empreendedorismo e formar uma rede de apoio.
 
Além de Costa Rica, outras 12 Cidades Empreendedoras são contempladas por esse tipo de iniciativa: Bandeirantes, Porto Murtinho, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Terenos, Jaraguari, Dourados, Camapuã, Ribas do Rio Pardo, Paraíso das Águas, Rio Verde de Mato Grosso e Sonora.
 
No estado de Mato Grosso do Sul, o programa Cidade Empreendedora busca, principalmente, promover o desenvolvimento local por meio do fortalecimento dos pequenos negócios. Além das cidades mencionadas, outras localidades são atendidas por essa iniciativa, incluindo Amambai, Água Clara, Aparecida do Taboado, Bataguassu, Batayporã, Brasilândia, Bela Vista, Caarapó, Chapadão do Sul, Coxim, Deodápolis, Inocência, Jardim, Ladário, Maracaju, Miranda, Naviraí, Nioaque, Paranaíba, Pedro Gomes, Ponta Porã, Rio Brilhante, Santa Rita do Pardo e São Gabriel do Oeste.
 
Para obter mais informações sobre o programa Cidade Empreendedora, oferecido pelo Sebrae/MS, você pode entrar em contato pelo número 0800 570 0800 ou acessar o site em cidadeempreendedora.ms.sebrae.com.br.
Fonte: Assessoria de Comunicação
Autor: Assessoria de Comunicação
Seta
Versão do Sistema: 3.4.0 - 05/02/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia