Ir para o conteúdo

Prefeitura de Costa Rica - MS e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura de Costa Rica - MS
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JUL
04
04 JUL 2022
EDUCAÇÃO
Estudantes beneficiados pelo Riquinho fazem primeira compra na Feira do Produtor
Foto Noticia Principal Grande
Fotos: Silvestre de Castro / Gustavo Pelicano / Kayne Almeida - Assecom / PMCR
enviar para um amigo
receba notícias
Na manhã deste domingo (3) os estudantes beneficiados pelo Programa Riquinho puderam trocar a moeda social adquirida com a entrega de materiais recicláveis na escola por alimentos saudáveis na Feira do Produtor. A iniciativa foi lançada em maio no município, e junto com a Prefeitura Municipal e Sebrae/MS, por meio do Programa Cidade Empreendedora, o Sicredi também é parceiro na ação.
 
Cerca de 120 alunos do 4º e 5º do ensino fundamental da Escola Municipal Vale do Amanhecer participam da iniciativa  que permite a troca de materiais recicláveis pela moeda social “Riquinho”. Com ela, as crianças conseguem adquirir produtos na agricultura familiar na Feira do Produtor.
 
Enzo Murilo, 10 anos, estudante do 4º ano do Ensino Fundamental, por exemplo, foi a feira com a avó, Flávia Adriana Nunes Nogueira. Ela conta que o neto conseguiu 42 reais em ‘riquinhos’, após a família o ajudar na coleta dos recicláveis. “Mobilizamos todo mundo. Eles o ajudaram a arrecadar e depois nos reunimos para limpar e separar os itens antes da troca na escola. Achei um projeto muito bom porque promove a reciclagem e ensina como é possível ajudar o meio ambiente com essa atitude”, relatou Flávia.
 
O material reciclável arrecadado é doado para a Cooperativa dos Catadores de Lixo e o valor dos produtos fornecidos para as crianças é repassado para os produtores pela cooperativa Sicredi. No município, são 20 feirantes, pequenos produtores da agricultura familiar inscritos no projeto. Além disso, dez catadores de materiais recicláveis também participam da ação.
 
Além de estimular a reciclagem, o programa também viabiliza que os estudantes sejam capacitados em temas como sustentabilidade econômica, social e ambiental, por meio de visitas técnicas e palestras. As ações acontecem em conjunto entre a SEMAD (Secretaria Municipal de Agricultura e Desenvolvimento) e a SEMED (Secretaria Municipal de Educação). 

"O projeto nasce para promover um trabalho que envolve educação ambiental e financeira na escola pública, mostrando a importância da  separação correta do lixo, da reciclagem e com isso, além de beneficiar o meio ambiente, ainda conseguem levar para casa produtos de qualidade, oriundos da agricultura familiar do nosso município. Hoje foi dado mais grande passo neste sentido e temos certeza que é um programa que atingirá todos os seus objetivos", avaliou o vice-prefeito Roni Cota. 
 
Novo layout
Na oportunidade também foi apresentado ao público um novo layout com a reformulação da identidade visual da Feira do Produtor, realizado pelo Sebrae/MS em parceria com a Prefeitura, que irá atrair mais visitantes para o espaço até que a reforma completa seja feita.
 
“Acredito que as duas iniciativas juntas irão trazer um novo público para a feira e, com isso, espera-se que tenhamos um aumento nas vendas e possamos fortalecer os comerciantes e produtores locais. Ao encontro dessas iniciativas, também vamos fazer uma campanha no município por meio das redes sociais para que a gente possa mobilizar mais a população”, destacou o secretário municipal de Agricultura e Desenvolvimento, Fernando Barbosa Martins.
 
Lidercino Nogueira de Souza, representante dos feirantes, é um dos produtores da agricultura familiar atendidos pelo Sebrae/MS, e conta as melhorias que obteve com a consultoria. “Passei a utilizar um produto natural, orgânico, que me auxilia no combate às pragas, além de ter começado a fazer compostagem. Eu trabalho há bastante tempo com hortifruti, mas não fazia como ‘manda o figurino’, e isso me ajudou a melhorar a qualidade dos meus produtos”, expôs.
 
Com a melhoria da produção, Lidercino, que atua há 21 anos na área, ampliou as vendas, passou a atender supermercados locais e agora também é um dos fornecedores de alimentos do programa Riquinho. Para ele, a nova identidade visual da feira e o início do programa irá melhorar as vendas. “Trouxe uma nova aparência para o nosso espaço e estou muito otimista. Acho que tem tudo para dar certo, principalmente, em relação às novas famílias que irão começar a nos visitar”, comemorou.
 
Além da venda de artesanato e produtos alimentícios, a Feira do Produtor traz para os moradores de Costa Rica, alimentos frescos vindos diretamente do campo. Dos expositores, cerca de 25, são produtores da agricultura familiar.
 
Para obter mais informações sobre o programa Cidade Empreendedora podem ser obtidas pelo número 0800 570 0800.
 
 
Fonte: Assessoria de Comunicação
Autor: Assessoria de Comunicação
Seta
Versão do Sistema: 3.2.6 - 05/09/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia