Ir para o conteúdo

Prefeitura de Costa Rica - MS e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura de Costa Rica - MS
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
AGO
30
30 AGO 2022
EDUCAÇÃO
Aula inaugural marca início do Projeto 60+ na Biblioteca do Sesi em Costa Rica
enviar para um amigo
receba notícias
Aconteceu nesta segunda-feira (29), na unidade da Biblioteca da Indústria do Conhecimento do Sesi, no Vale do Amanhecer em Costa Rica, a aula inaugural do curso gratuito do Projeto 60+ que tem levado inclusão digital aos idosos para todos os cantos de Mato Grosso do Sul.
 
Voltado a pessoas com 60 anos ou mais, o curso tem como objetivo promover a inclusão digital da terceira idade. As aulas são realizadas semanalmente ao longo de quatro meses, com carga horária de 30 horas na Biblioteca da Indústria do Conhecimento do Sesi com vagas limitadas.
 
Os alunos novos foram recebidos na biblioteca pelo gerente de Educação do Sesi, Josebene Lima de Moura Filho; prefeito em exercício, Roni Cota; vereadores, presidente da Câmara, professora mestre Manuelina Martins da Silva Arantes Cabral, acompanhada dos edis, Waldomiro Bocalan, Evaldo Paulino e Rosangela Marçal; secretária municipal de Educação interina, Maria Almeida; coordenadoras pedagógicas, Marilete Gazoni e Pellet, entre outros.
 
As monitoras Naiara Oliveira (pedagoga) e Roseney Cerqueira Carlos (que cursa o ensino médio), explicaram a proposta do curso e deram orientações sobre a dinâmica das aulas que serão concluídas em 15 encontros. “Os encontros surgem com o desafio de valorizar, estimular, integrar e acolher este público aos novos tempos e inseri-los no mundo da tecnologia”, disse a monitora Naiara Oliveira.
 
A representante do Poder Legislativo, professora mestre Manuelina Martins da Silva Arantes Cabral, ao participar da aula inaugural do Projeto 60+ afirmou: “É um projeto maravilhoso, que vem trazer a possibilidade de a melhor idade adquirir conhecimentos que proporcionam a interação, o lazer, a distração e a integração deles à tecnologia e à sociedade. Ver essa biblioteca cheia desse público que não é digital, dá um orgulho imenso pra gente, que sempre tem como bandeira a Educação”, argumentou a vereadora presidente.
 
Conforme destacou o gerente de Educação do Sesi, Josebene Lima de Moura Filho, o curso gratuito de inclusão digital 60+ da terceira idade está fazendo uma verdadeira revolução para todos os cantos de Mato Grosso do Sul. "A equipe da biblioteca está preparada, pois todos passaram por treinamento antecipado para hoje estarmos aqui, aptos a conduzir e transmitir o conhecimento da melhor forma possível aos alunos", afirmou Josebene Filho.
 
Para a secretária interina de Educação, Maria Almeida, o maior desafio deste público está em criar o sentimento de pertencimento ao espaço, estabelecer o afeto e a confiança com os idosos, para que as chances de desistência sejam minimizadas. “Nunca é tarde demais para começar de novo. Se você não estava feliz ontem, tente algo diferente hoje. Não fique preso. Faça melhor. Nossos idosos são especiais porque carregam um oceano de experiências e vivências, que devem ser enaltecidas pela nossa sociedade", destacou a gestora.
 
A acolhida aos alunos é especial para todos nós, destacou o prefeito em exercício, Roni Cota. "Preparamos tudo com o maior carinho para nossa aula inaugural do Projeto 60+ de inclusão digital dos nossos idosos, desde a apresentação das monitoras, o material pedagógico e um bate papo bem legal para incentiva-los para que concluam o curso. Os nossos idosos foram muito receptivos e gostaram muito da apresentação inicial do projeto", disse gestor costarriquense.
 
Valdinei Faustino da Cruz, 70 anos, matriculado no Projeto 60+, disse que é uma alegria frequentar um curso do Sesi, como esse voltado para os idosos. "Vim para aprender a usar o celular e me conectar com as novas mídias e o computador. Anda-se toda a vida a aprender e morre-se sem saber”, disse o idoso.
 
A aluna Salomé Nogueira Leite, de 71 anos, agradeceu pela oportunidade de aprender sobre informática, internet e celular digital. "Esse curso vai me ajudar muito a ter conhecimento com o celular digital, pois sempre tenho dificuldades e tenho que pedir ajuda de outras pessoas que sabem. Com o curso, vou poder fazer minhas coisas sozinha. Agradeço ao Sesi e ao nosso prefeito por terem esse olhar voltado para os idosos".
 
Lizene Nogueira de Menezes, de 64 anos. "Quem não tem conhecimento, está sujeito a ser mais uma vítima de golpes pela internet, que acontecem todos os dias. Eu quero aprender tudo do mundo digital, não tenho conhecimento e preciso muito dessa tecnologia", observou a aluna.

O “Projeto 60+” foi pensado para trazer uma série de benefícios à população idosa, como: redução do estresse; estímulo às habilidades sociais; promoção de experiências educativas com uso da tecnologia; aumento da qualidade de vida; entre outros. Em Costa Rica é desenvolvido através da parceria do Governo Municipal com o Sistema FIEMS (Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso do Sul) via SESI (Serviço Social da Indústria).
 
Serviço – A Biblioteca da Indústria do Conhecimento do SESI está localizada na Rua Padroeira do Brasil, 286 – Vale do Amanhecer, em Costa Rica (MS). O horário de atendimento é das 7h às 11h e das 13h às 17h, de segunda a sexta-feira. Mais informações pelo telefone (67) 3247-5021.
 
Fonte: Assessoria de Comunicação – PMCR
Autor: Silvestre de Castro – Jornalista e Radialista
Seta
Versão do Sistema: 3.2.8 - 16/11/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia