Ir para o conteúdo

Prefeitura de Costa Rica - MS e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura de Costa Rica - MS
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
AGO
24
24 AGO 2022
COVID-19
Secretaria de Saúde recomenda uso de máscaras na Fundação Hospitalar, ESFs, clínicas e laboratórios
enviar para um amigo
receba notícias
Tendo em vista o índice de infecção e contaminação pelo vírus da COVID-19 que continua provocando mortes no estado, bem como a confirmação do primeiro caso de monkeypox, doença conhecida como varíola dos macacos, em Costa Rica, a Secretaria Municipal de Saúde passa a recomendar o uso de máscaras de proteção facial tanto para servidores quanto para munícipes no uso do Sistema de Saúde no município, seja público ou privado. A recomendação foi publicada na edição 3254 do Diário Oficial Online, desta terça-feira (23). 

Assinada pelo secretário municipal de Saúde, Jovenaldo Francisco dos Santos, a recomendação se estende “a todos os servidores públicos e funcionários privados, pertencentes ao hospital local, clinicas e laboratórios, e que desempenham suas funções em setores clínicos e/ou administrativos na área de saúde, considerando para tal, a Fundação Hospitalar, as clinicas médicas, os laboratórios clínicos, os ESFs, o Centro de Especialidades Médicas (CEM), Vigilância Sanitária e Vigilância em Saúde, a sede administrativa da Secretaria de Saúde e seus anexos, o uso continuo de máscaras, a título de prevenção contra a doença”. 

Conforme o secretário, o objetivo é proteger a população e evitar um aumento no número de casos e internações provocados por estas doenças. “Diariamente o Sistema Municipal de Saúde, seja a Fundação Hospitalar, os postos, clínicas e laboratórios recebem pacientes com suspeita de doenças que podem ser transmitidas durante uma simples conversação. O uso de máscaras e a higienização das mãos continuam sendo as melhores formas de evitar o contágio de diversas doenças”, justifica. 

1 º caso de Monkeypox
A Secretaria de Estado de Saúde, confirmou na última segunda-feira (22) o primeiro caso de monkeypox (varíola dos macacos) em Costa Rica. 

O paciente, de 61 anos, residente no município, procurou uma Unidade de Saúde no último dia 10 após apresentar sintomas da doença. O homem informou que não sabe como a contaminação pode ter ocorrido. 

Ele segue internado numa área restrita da Fundação Hospitalar para tratamento de infecções secundárias e seu estado de saúde é estável.  

Causada por um vírus, os sinais e sintomas da doença podem durar entre duas e quatro semanas. A transmissão ocorre principalmente pelo contato pessoal e direto com secreções respiratórias, lesões de pele de pessoas contaminadas ou objetos infectados. A transmissão por meio de gotículas requer contato mais próximo entre o paciente infectado e outras pessoas, por isso, trabalhadores da saúde, membros da família, parceiros e parceiras têm maior risco de contaminação.

Os principais sintomas da varíola dos macacos são:
•    Febre
•    Dor de cabeça
•    Dores musculares
•    Dor nas costas
•    Gânglios inchados (popularmente conhecidos como "ínguas")
•    Calafrios
•    Exaustão
A manifestação na pele é chamada de papulovesicular uniforme, que são feridas ou lesões pelo corpo

Em caso de suspeita, procure uma Unidade de Saúde mais próxima da sua casa.
Fonte: Assessoria de Comunicação
Autor: Angela Bezerra
Seta
Versão do Sistema: 3.2.8 - 16/11/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia