Ir para o conteúdo

Prefeitura de Costa Rica - MS e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura de Costa Rica - MS
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
NOV
23
23 NOV 2021
DIREITOS HUMANOS
Costa Rica inaugura sua “Sala Lilás” para mulheres vítimas de violência dia 7 de dezembro
enviar para um amigo
receba notícias
Idealizadas para oferecer atendimento especializado às mulheres, adolescentes e crianças em situação de violência, as novas “Salas Lilás” de Mato Grosso do Sul, estão sendo inauguradas desde a segunda-feira (22) e a do Município de Costa Rica está prevista para ser inaugurada no próximo dia 7 de dezembro, anexa à delegacia de polícia civil, na Rua Josina Garcia de Melo, n° 1610, Sonho Meu III, contou com emenda parlamentar do deputado estadual Antonio Vaz.

O prefeito de Costa Rica, Cleverson Alves dos Santos destaca que Mato Grosso do Sul é um Estado pioneiro na defesa dos direitos das mulheres, especialmente no que tange às políticas públicas de enfrentamento à violência.

“Para Costa Rica que não possui uma DAM (Delegacia de Atendimento à Mulher), mas que concentra altos índices de ocorrência por violência doméstica, a alternativa foi a criação da “Sala Lilás”, visando oferecer atendimento diferenciado e qualificado às mulheres em situação de violência, incluindo atendimento também para crianças (de ambos os sexos) e meninas adolescentes, que tenham tido seus direitos violados, facilitando o acesso à justiça e incentivando as denúncias, já que as mulheres teriam um espaço exclusivo para o atendimento”, justifica o prefeito costarriquense.

Ao todo 17 municípios que não tem delegacias especialistas no atendimento à mulher, irão inaugurar as “Salas Lilás” até o dia 23 de dezembro. O investimento na estrutura para criação de espaço diferenciado nas unidades da Polícia Civil é de R$ 680 mil. O recurso foi viabilizado por convênio entre a Sedhast (Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho) e a Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública).

Mato Grosso do Sul conta com outras 12 delegacias de Atendimento à Mulher, localizadas em municípios-polo regionalizados, com a competência de “atender, investigar e apurar crimes como assédio sexual e agressões.

“Essas novas Salas Lilás possibilitarão maior conforto e segurança para mulheres vítimas de violência no momento do registro do boletim de ocorrência, humanizando o atendimento, incentivando o rompimento do ciclo da violência e encorajando a procura por direitos e o acesso à justiça”, comenta a subsecretária de Estado de Políticas para Mulheres, Luciana Azambuja. A primeira “Sala Lilás” do Estado foi inaugurada no IMOL de Campo Grande, em novembro de 2017. Agora, serão mais 17 unidades.
Fonte: ASSECOM/PMCR
Seta
Versão do Sistema: 3.2.2 - 02/05/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia